Linux-KDE Desktops para 52 milhões de estudantes do Brasil

Alyen
Linux-KDE Desktops para 52 milhões de estudantes do Brasil
Votar

O Brasil está levando a sério seu investimento no software livre. O anúncio da migração de 430.000 urnas eletrônicas para GNU/Linux se une a uma decisão governamental de disponibilizar a distribuição “Linux Educacional 2.0” para as escolas públicas, atingindo com esta medida 52 milhões de estudantes em 2009.

Através do projeto “Proinfo”, o programa nacional de informática, o Ministério da Educação Brasileiro (MEC) não só oferecerá a infraestrutura (rede de computadores e conectividade), como também vai equipar todas as escolas públicas com softwares livres.

O sistema escolhido para governar os terminais clientes foi o “Linux Educacional 2.0”, baseado na distribuição Debian, com KDE 3.5, KDE-Edu, KDE-Games e outras ferramentas desenvolvidas para o projeto.

Em 2009 as escolas públicas contarão com 53.000 “laboratórios” que serão acessados por 52 milhões de estudantes. Estas aulas de informática contam com um servidor, 7 CPUs e 15 pontos de acesso.

Fernando Haddad, o ministro de educação brasileiro, anunciou que em 2010 todas as escolas públicas urbanas terão conexão de banda larga e acesso internet para 37 milhões de estudantes. Outra grande meta para este mesmo ano é a capacitação de 100.000 novos professores para o aproveitamento do esforço tecnológico e do grande potencial de um país que tem mais de 190 milhões de habitantes.

TheInquirer

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2018 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio

Send this to a friend