Microsoft “enterra” o aplicativo Money

Alyen

“Gostaríamos de agradecer a dedicação de todos os que foram ao longo dos anos entusiastas usuários do Microsoft Money, bem como os nossos parceiros que têm ajudado a instituições financeiras, com uma visão digital de gestão financeira.“

Com estas palavras a Microsoft se despede de um dos seus produtos emblemáticos em seu início no mundo da diversificação. A primeira versão do Microsoft Money surgiu em 1991, época em que a Internet era utilizada apenas por poucos, o homebanking era uma palavra rara e um consultor financeiro digital parecia quase mágico, algo que poderia resolver os problemas das pessoas.

O Microsoft Money começou a definhar desde o ano passado, quando não se achava mais o mesmo em lojas, embora ainda a Microsoft estivesse oferecendo-o em suas lojas virtuais. Não é muito difícil tirar conclusões sobre as razões pelas quais a Microsoft tomou essa decisão, uma vez que, tal como com a morte da Enciclopédia Encarta nas mãos de outros serviços disponíveis gratuitamente na grande rede, finanças pessoais podem ser geridas de uma forma mais simples a partir de serviços on-line (como o site Mint, por exemplo), com o conforto que isto implica, e se isso não bastasse, sem pagar um centavo.

Fonte: Bitelia – CNet

[easy-social-share buttons="facebook,twitter,google,pinterest,print,mail,love" counters=1 counter_pos="insidebeforename" style="button" point_type="simple" url="https://www.tecnologiaetudo.com/software/microsoft-enterra-o-aplicativo-money/" text="Microsoft “enterra” o aplicativo Money"]

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2020 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio