Primeiro teste do Lynnfield, o Nehalem do povão…

Alyen
Primeiro teste do Lynnfield, o Nehalem do povão…
Votar

Logo Intel

O Lynnfield será a versão de grande público do Nehalem. Este processador se distingue do Bloomfield/Core i7 de várias maneiras. Vejamos os pontos comuns:

• Ele ainda é um quadcore suportando o HyperThreading (terá por conseguinte 4 núcleos e 8 threads)
• Ele ainda é gravado em 45 nm
• Ele ainda dispõe de 8 MB de cache L3
• Ele também suporta o Turbo Boost.

E agora as novidades:

• O seu controlador memória passou de 3 para 2 canais DDR3
• Ele perdeu a sua linha QPI para retornar ao DMI (Direct Media Interface)
• Ele conta com um controlador PCI Express e oferecerá suporte para um slot 16x ou dois 8x
• Ele utiliza o socket LGA 1156 e não o 1366 como o Core i7

Com relação às placas mãe, nós vamos ver a chegada da primeira solução single chip da Intel, com o P55. Conhecido sob o codinome Ibex Peak, o PCH (Platform Controller Hub) não terá muita coisa pra fazer com os controladores de memória e com o PCI Express presentes na CPU. No entanto, as placas mãe serão mais simples de fabricar e conseqüentemente mais baratas do que os modelos baseados no X58, e menos trabalhosas, pois para as placas mãe X58 já lançadas os BIOs beta continuam chegando num ritmo acelerado…

Uma pequena informação: o nome Core i5 não vem do processador, mas sim de Franck, o autor do CPU-z, que por não saber o nome comercial final do processador resolveu colocar qualquer coisa. Além disso, é preciso destacar que nós estamos a mais de 6 meses do seu lançamento! O exemplar testado pelo site ChipHell tinha uma freqüência de 2.13 GHz com um FSB de 133 MHz e um multiplicador 16x.

Lynnfield wPrime

Lynnfield SuperPi CPU-Z

Lynnfield Fritz Chess

Lynnfield 3DMark

Lynnfield Cinebench

Fonte: Matbe.Com

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2018 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio

Send this to a friend