NVIDIA altera nomenclaturas de modelos GeForce 9 aparecem nos drivers NVIDIA

Painkiller
Votar

Como nossos assíduos leitores sabem, a placa gráfica GeForce GTX 260 com 216 stream processors não ganhou uma nomenclatura específica. As diferenças entre as duas versões não são tão grandes e um novo nome foi descartado para evitar confusões. Em contrapartida, uma nova série de placas gráficas deve aparecer até o final deste ano formada pelos modelos GeForce G 100, GT 120, GT 130, GT 140 e GT 150. A pergunta que fica no ar é: como criaram uma série qualquer tão rápido? A receita é simples: renomeando modelos da geração anterior. Essas placas gráficas nada mais são que os modelos da linha GeForce 9…

A partir da 8800 GT, a nomenclatura das placas gráficas tornaram-se um grande problema para a NVIDIA que parecia ter dificuldades em adotar uma metodologia mais simples e compreensível para a humanidade. Após alguns ajustes e um mea culpa, surge a série GeForce GTX 200 com nomenclatura clara e limpa: um modelo GTX 280 e outro GTX 260. Entretanto, parece que a NVIDIA não consegue deixar de criar confusões na cabeça dos consumidores mais leigos durante muito tempo. Com a chegada da nova GeForce GTX 260 Core 216 e a adição dessa série 100, os compradores deverão estar bem atentos.

Mais uma estratégia de marketing ou uma passagem obrigatória para preparar uma continuidade? Difícil dizer, mas uma continuidade parece ser bem melhor planejada. Quando as GPUs em 45 nm chegarem em 2009, o segmento high-end integrará a série GeForce GTX 200, o mid-range a GT 200 e a entry-level G 200. Más línguas não deixam de observar que a nomenclatura atual não está muito longe da antiga: o sufixo que tornou-se prefixo acompanhado por um número. A série GTX no entanto manteve as esperanças de que não haveria mais de dois números para diferenciar as linhas.

Mas seja como for, a classificação atual parece ser coerente, pois os prefixos podem ser usados como sinônimos do segmento de mercado a que pertencem: GTX -> high-end, GT -> mid-range e G -> entry-level. E os modelos continuam sendo diferenciados pelos três algarismos. Mas o futuro é um tanto inquietante.

A informação sobre os planos da NVIDIA em conduzir uma remarcação seqüencial já foi publicada aqui no Fórum PCs, mas não foi fornecido detalhe sobre a correspondência entre os novos e os antigos nomes. Sabe-se que a NVIDIA adotou para as atuais placas gráficas GeForce 9 o mesmo sistema de nomenclatura dos modelos mais recentes baseados no chip GT200. Como resultado, surgiram os prefixos GT e GTS e a designação numérica na forma de 1×0.

A confirmação dessa informação chegou através dos drivers ForceWare 178.15 para Windows Vista 32 bits, onde mencionam placas gráficas equipadas com chips G9x (leia-se GeForce 9) já com os novos nomes, conforme mostrado abaixo:

  • NVIDIA_G92.DEV_0615.1 = “NVIDIA GeForce GTS 150”
  • NVIDIA_G94.DEV_0626.1 = “NVIDIA GeForce GT 130”
  • NVIDIA_G96.DEV_0646.1 = “NVIDIA GeForce GT 120”

Como pode ver, a GeForce 9800 GT será renomeada para “GeForce GTS 150”. A placa gráfica baseada no chip G94, até agora conhecida como GeForce 9600 GT será conhecida como “GeForce GT 130” e finalmente a GeForce 9500 GT equipada com o chip G96 se transformará na “GeForce GT 120”. A previsão para que a nova notação ganhe força é dentro de duas semanas. Sobre os novos nomes podem estar escondidos velhos chips em 65 nm, o que precisa de muita atenção por parte do consumidor que pode ser atraído pelos novos nomes como novidades.

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2019 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio

Send this to a friend