Pesquisadores criam processador de 1.000 núcleos

Alyen

article 1342100 0C97AE3D000005DC 638 224x274 - Pesquisadores criam processador de 1.000 núcleosUm grupo de pesquisadores da Universidade de Glasgow, em colaboração com a Universidade de Massachusetts Lowell, criaram um processador com 1.000 núcleos. Parece impossível, mas é verdade. A tecnologia utilizada pelos responsáveis do invento se denomina Field Programmable Gate Array (FPGA), e se modificou para dispor de 1.000 mini-circuitos independentes, que na prática constituem 1.000 núcleos independentes.

O monstro foi capaz de processar quase 5 GB de dados por segundo, segundo as provas realizadas.

O líder da equipe de pesquisadores, Wim Vanderbauwhede, explicou que: “Os FPGA não são usados pelo geral na indústria dos computadores devido a sua grande dificuldade para programar, no entanto, seu poder de processamento é enorme e seu consumo de energia é muito pouco devido a que são também mais rápidos, assim mesmo são uma opção ‘verde’.”A diferença entre os processadores atuais e o do experimento é que os atuais que estão no mercado compartilham o acesso a uma só fonte de memória enquanto o processador anunciado nesta notícia tem memória dedicada para cada núcleo.

Ao que parece, tanto ARM como Intel já se encontram metidos neste tema para conseguir combinar tecnologia de processadores tradicional com chips FPGA.

[easy-social-share buttons="facebook,twitter,google,pinterest,print,mail,love" counters=1 counter_pos="insidebeforename" style="button" point_type="simple" url="https://www.tecnologiaetudo.com/hardware/processadores/pesquisadores-criam-processador-1-000-nucleos/" text="Pesquisadores criam processador de 1.000 núcleos"]

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2020 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio