AMD comenta multa histórica da Comissão Européia à Intel

Painkiller

dirk-meyers

A Comissão Européia considerou a Intel culpada por abuso de sua posição dominante no mercado global de microprocessadores, ato que teria prejudicado milhões de consumidores europeus ao manter, por vários anos, os concorrentes fora do mercado de chips. Maiores detalhes sobre a condenação você pode conferir lendo: UE aplica multa recorde de R$ 3 bilhões à Intel. Mais abaixo você confere os comentários da AMD sobre o assunto, nas palavras de Dirk Meyer, presidente e CEO da AMD, e de Tom McCoy, vice-presidente executivo de assuntos jurídicos da AMD.

“A decisão de hoje é um passo importante para que seja estabelecido um mercado verdadeiramente competitivo.” “A AMD sempre ocupou uma posição de liderança tecnológica e estamos ansiosos por mudar um mundo em que a Intel ditava as regras no lugar dos consumidores.” Essas foram as palavras de Dirk Meyer.

“Após uma extenuante investigação, a UE chegou a uma conclusão: a Intel violou a lei e os consumidores foram prejudicados.” “Com essa decisão, a indústria será beneficiada com o fim do monopólio da Intel com seus preços altos e os consumidores europeus terão mais opções de escolha, mais valor e inovação.” Conclui McCoy.

[easy-social-share buttons="facebook,twitter,google,pinterest,print,mail,love" counters=1 counter_pos="insidebeforename" style="button" point_type="simple" url="https://www.tecnologiaetudo.com/hardware/processadores/amd/amd-comenta-multa-historica-comissao-europeia-intel/" text="AMD comenta multa histórica da Comissão Européia à Intel"]

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2019 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio