YouTube e orkut fazem usuário trabalhar mais

Painkiller
YouTube e orkut fazem usuário trabalhar mais
Votar

A empresa de segurança FaceTime Communications pesquisou o perfil do trabalhador com acesso contínuo à internet em 530 grandes empresas pelo mundo e apontou que há forte mistura entre atividades profissionais e pessoais no trabalho e fora dele.

A maior parte dos entrevistados (60%) diz que lê e-mails do trabalho em casa e, eventualmente, resolve algum problema da empresa fora do horário de trabalho.

Enquanto estão no escritório, no entanto, quase a totalidade dos trabalhadores realiza atividades pessoais online. A mais comum (90%) é enviar e-mails pessoais, como escrever para amigos e familiares.

Depois, 84% admitem navegar em sites de notícias e de conteúdos que lhes interessam. Fazer compras online (57%) e pagar contas pela web (68%) também é comum no horário de trabalho.

As atividades que mais geram risco para a rede corporativa, no entanto, são praticadas por uma minoria de trabalhadores. Baixar músicas e ver vídeos no trabalho é um comportamento recorrente a 32% dos entrevistados, mesmo índice foi apontado para uso de redes sociais, como orkut e Facebook.

Atualizar sites de fotos (20%) e postar em blog pessoal (8%) também são atividades recorrentes de trabalhadores no ambiente de trabalho. A FaceTime avalia que estes comportamentos abrem riscos de segurança para a rede, pois o usuário pode baixar um código malicioso para seu PC corporativo, por exemplo.

O estudo também mostrou que o uso de ferramentas como redes sociais e vídeos no trabalho faz o colaborador sentir-se mais relaxado e permanecer mais tempo na empresa.

Além disso, por usar o PC para fazer tarefas pessoais, o trabalhador tende a achar justo resolver problemas do trabalho em seu horário de descanso, como finais de semana.

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2018 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio

Send this to a friend