Primeiras impressões sobre a plataforma Skulltrail da Intel

Painkiller
Primeiras impressões sobre a plataforma Skulltrail da Intel
Votar

A plataforma Skulltrail da Intel é a resposta à plataforma Quad FX (FASN8) da AMD. A Intel prometeu lançar a sua plataforma biprocessada neste trimestre e hoje foram publicadas as primeiras impressões a respeito em sites estrangeiros. Nota-se que a Intel não considera hoje como um “lançamento oficial de reviews”. Isso acontecerá mais tarde.Por enquanto, o que se pode consultar são as experiências ao primeiro contato com essa plataforma. Os correspondentes artigos foram publicados pelos sites HardOCP, Hot Hardware, Firing Squad e Tech-Report.

A placa-mãe Intel D5400XS também já é familiar. É capaz de impulsionar dois processadores Core 2 Extreme QX9775 de 3,2 GHz sob socket LGA 771 e tem quatro slots PCI Express x16 e quatro slots FB-DIMM para a instalação de memórias do tipo DDR2-800. Finalmente a presença do chip nForce 100 da NVIDIA possibilita à Intel o suporte à tecnologia SLI.

Nota-se que a plataforma suporta apenas SLI formado por um conjunto de duas placas gráficas single-GPU ou uma dual-GPU. A tecnologia Triple SLI não é suportada e a atualização de BIOS ou drivers não ajudará. Isso é uma decisão da NVIDIA. A placa-mãe também suporta CrossFire e a quantidade de placas gráficas reunidas no sistema depende apenas das dimensões de seus coolers. Como vê, as duas portas PCI Express x16 inferiores estão muito próximas entre si.

AMD : Rival do Intel Atom Chega Este Ano

AMD : Rival do Intel Atom Chega Este Ano

Também é possível falar um pouco sobre as características do processador Core 2 Extreme QX9775 de 3,2 GHz. Gravado em 45 nm, suas características são idênticas ao do QX9770, exceto pelo socket utilizado: concebido para socket LGA 771, carrega quatro núcleos, 2 × 6 MB de cache L2 e FSB de 1.600 MHz. Suas qualidades não são muito convidativas por causa de seu consumo (TDP máximo de 150 W) e seu preço (US$ 1.499 a unidade). O coeficiente multiplicador nesse processador é livre.

AMD : Rival do Intel Atom Chega Este Ano

AMD : Rival do Intel Atom Chega Este Ano

A propósito, a placa-mãe Intel D5400XS pode, também, receber os processadores Xeon “normais” para socket LGA 771. Teoricamente, é capaz de acelerar o barramento, mas o sucesso desse experiência não é totalmente garantida. Por exemplo, os reviewers raramente conseguiram passar da faixa entre 405 e 420 MHz.

AMD : Rival do Intel Atom Chega Este Ano

AMD : Rival do Intel Atom Chega Este Ano

Com o aumento do coeficiente, o processador Core 2 Extreme QX9775 alcançou a marca dos 4 GHz com o uso de um sistema de refrigeração a ar eficiente. A propósito, sobre cooler, o barulho dos sistemas de refrigeração dos chips nForce 100 e do southbridge chegam a incomodar. Que o consumo total de energia do sistema é bem voraz, isto não há dúvida. O uso de memórias do tipo DDR2-800 em módulos FB-DIMM afeta negativamente o desempenho e o custo do sistema. Aliás, esse tipo de componentes são utilizados em sistemas servidores.

Ao estudar os resultados dos testes da plataforma Skulltrail, pode-se notar raras exceções nas quais a presença de 8 núcleos ajuda no desempenho atualmente. São os casos de renderização, codificação de vídeo, cálculos distribuídos e desenhos computacionais. Para jogos, um sistema menos caro dotado de um processador quadrinuclear já dá conta do recado. Visualizar o usuário ideal para a plataforma Skulltrail é complicado por essa razão. Por um lado, pode-se trabalhar com vídeo e desenho 3D enquanto do outro, que tange aos jogos, a plataforma suporta SLI e CrossFire. Contudo, se considerar o alto custo de um sistema completo Skulltrail (a partir de US$ 6 mil), então pode-se pensar em dois computadores: um para o trabalho e outro, para jogos…

A Intel não menciona os preços dos componentes da plataforma, mas já são conhecidos a muito tempo entre os noticiários. A placa-mãe Intel D5400XS não custará menos que US$ 600 e será disponibilizada apenas 2 mil cópias. O par de processadores Core 2 Extreme QX9775 ficará por em torno de US$ 3 mil, se houver sorte de obtê-los pelo valor recomendado. Já os módulos DDR2-800 FB-DIMM normalmente custa duas vezes mais que os “normais” e o monstro dificilmente estaria satisfeito com menos de 2 GB. Uma fonte de energia potente e um par de placas gráficas de alto desempenho aumentam o orçamento em aproximadamente US$ 1.500.

Fonte: Fórum Pcs

Artigos relacionados

Temas
Tecnologia é Tudo © 2018 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Alyen Studio

Send this to a friend